Criofrequencia para flacidez: Veja como acabar definitivamente com a flacidez

Criofrequencia para flacidez: Veja como acabar definitivamente com a flacidez

Criofrequência para Flacidez

Quem nunca se incomodou com o “tchauzinho” que atire a primeira pedra. Afinal de contas, existe algum procedimento seguro que seja capaz de nos livrar dessa bendita flacidez?

Na estética, a criofrequência para flacidez surgiu com a capacidade de tratar a flacidez, reduzindo aquele aspecto indesejado já nas primeiras sessões. Tornando a BHS 156, a máquina que realiza o tratamento, a “queridinha” do momento.

Para acabar com esse inimigo o quanto antes e deixar o seu corpo pronto para o verão (Sim! Ainda dá tempo), nós viemos te explicar as causas da flacidez, como combater e como a criofrequência para flacidez pode ajudar nesse processo. Aproveite para tirar suas dúvidas e compartilhar com as amigas.

Leia também: Flacidez tratamentos

Mas afinal, o que causa a flacidez?
Causas da Flacidez – Criofrequência para FlacidezAlém do próprio envelhecimento oriundo, entre as causas da flacidez, podemos citar: obesidade, gravidez, variações rápidas de peso, má alimentação, exposição excessiva ao sol, hereditariedade e sedentarismo.

A perda de colágeno e também de água são duas das primordiais causas da perda de flexibilidade da pele, e também aumenta ao passo que envelhecemos. Se não há como combater a flacidez por completo, a boa notícia é que existem formas de evitá-la e também diminuir seus efeitos.

Dicas para combater a flacidez
Segundo dermatologistas, uma das maiores causas da flacidez é a exposição excessiva ao sol. Os raios ultravioletas danificam a epiderme e a derme – extrato mais profundo da pele.

Também é nem mais nem menos na pele que se encontra o colágeno, uma proteína produzida pelo próprio sistema e também encarregado por sustentar a firmeza da pele. Os raios de sol têm a capacidade de destruir a estrutura do colágeno, prejudicando a sustentação da pele.

A produção de colágeno diminui naturalmente à proporção em que envelhecemos. Porém, a exposição prolongada ao sol é capaz de apressar mais ainda mais esse processo, causando a flacidez e também o envelhecimento antes do tempo.

O bronzeamento sintético, ainda que seja feito em ambientes fechados, causa os mesmos danos à estrutura do colágeno que os raios ultravioletas, e também deve ser evitado. O uso de protetores solares ajuda a minimizar os danos causados pelo sol, porém recomenda-se não permanecer bastante tempo sob o sol nos momentos em que ele é mais forte.

Exercícios físicos que combatem a flacidez
Uma das melhores dicas de como combater a flacidez é praticar musculação com regularidade. O treino é capaz de fortalecer a pele, além de tonificar a musculatura, evitando a extenuação das fibras musculares e também da pele.

A flacidez costuma brotar com mais regularidade em áreas muito específicas do corpo. Neste caso, vale a pena investir em exercícios específicos para essas regiões. Abdômen, secção interna da coxa, glúteos e a secção interna dos braços são certos pontos mais propensos à flacidez, e também devem ser exercitados com movimentos específicos.

Abdominais, citando caso análogo, ajudam a tonificar a pele e a diminuir a flacidez. Exercícios com tornozeleiras podem ajudam a fortalecer os glúteos, e também a tonificar as pernas.

E quais são os cuidados com a dieta
Nós somos o que nós comemos e nossas escolhas à mesa refletem-se neste aspecto. Para descobrir como combater a flacidez, é necessário manter uma dieta saudável e entregar preferência a essas escolhas, além de evitar certos tipos de mantimentos que prejudicam a saúde da sua pele.

Uma dieta para evitar a flacidez deve conter várias verduras, frutas, legumes e também proteínas magras. Além de nutrientes essenciais para a saúde da pele e também da musculatura, as verduras frescas fornecem antioxidantes, substâncias que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Como a Criofrequência para flacidez pode ajudar
CriofrequênciaUm dos aparelhos que está fazendo o maior sucesso é o criofrequência para flacidez, capaz de destruir (apoptose), quebrar as células de obesidade e também renovar as fibras de colágeno, além de dar firmeza a pele.

É justamente o choque térmico entre o frio e calor que aumenta a eficiência do tratamento, trazendo resultados contra a flacidez em menos tempo. Há uma extensa melhora nas medidas, propiciando uma maior firmeza da pele, melhorando a circulação e também a subtração da adiposidade na dimensão da gordura na área da aplicação.

O resultado da criofrequência para flacidez é visível logo na primeira sessão do tratamento. A paciente vê resultados, subtração da flacidez, da adiposidade localizada, reduzindo as medidas e também melhorando o aspecto da celulite.

De acordo com especialistas, o tratamento completo dura de seis a oito sessões para resultados mais expressivos e duradouros.

Benefícios da Criofrequência pra flacidez
Acabar com a flacidez é um dos benefícios que a criofrequência proporciona. Além disso, esse procedimento modelo o corpo, deixando-o mais definido e eliminando aquela gordurinha extra que tira o sonho de muitas mulheres e que precisa de muita academia e dieta para conseguir se livrar. E mais, a criofrequência para flacidez ajuda o seu organismo a produzir colágenos, deixando sua pele renovada.

E não se preocupe que a criofrequência para flacidez é totalmente indolor e não-invasiva, garantindo satisfação e resultados rápidos sem esforço.

Se a flacidez é um probleminha que você quer eliminar do seu corpo, agora você já sabe como resolver. A criofrequência para flacidez pode ser encontrada em clínicas particulares, mas é aconselhado conhecer melhor o procedimento e consultar um especialista no assunto para depois iniciar o procedimento estético.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *