Tratamentos para rugas e linhas de expressão – Os 10 melhores

Tratamentos para rugas e linhas de expressão – Os 10 melhores

As rugas e linhas de expressão são os principais sinais do processo de envelhecimento da pele. Apesar de ser algo natural para qualquer ser humano, essas marcas influenciam na autoestima de muita gente, tanto é que grande parte dos tratamentos anti-aging são justamente para prevenir o aparecimento das rugas.

Em termos de prevenção, os dermatologistas são unânimes ao dizer que o filtro solar e a hidratação regular da pele são os melhores remédios para prevenir o aparecimento das rugas (Também há alguns estudos que enfatizam os efeitos positivos da vitamina C para a boa aparência da derme).

Contudo, quando o problema já é aparente é preciso recorrer aos tratamentos para rugas e linha de expressão. Estes, podem ser naturais como os cremes clareadores ou anti-aging, químicos tal como a aplicação de ácidos ou ainda cirúrgico.

10 MELHORES TRATAMENTOS ANTI RUGAS
Abaixo, segue a lista dos 10 melhores tratamentos anti rugas e marcas de expressão e as especificidades de cada método. O importante é que todos os que foram listados funcionam mesmo, mas de formas e em promoções diferentes.

Saiba mais: Proteína asiática benefícios

1 – PREENCHIMENTO FACIAL

O preenchimento facial é utilizado para preencher as áreas em que há rugas profundas e permanentes. O preenchimento é feito com ácido hialurônico ou com alguns definitivos, como é o caso do polimetilmetacrilato (PMMA).

Esse ácido tem duração de um ano no organismo, sendo absorvido automaticamente pelo corpo. Os valores desse tratamento podem variar de R$ 1 mil a R$ 6 mil, tudo depende da clínica e da extensão da aplicação.

Segundo estudos, esse método é benéfico porque entre as aplicações para fins estéticos é uma das que possui menor índice de inflamações. Contudo, apesar de ser uma excelente técnica para remoção de rugas pode ser ineficiente para a suavização de linhas de expressão decorrente da baixa produção de colágeno ou na uniformização de tons de pele.

2 – BIOPLASTIA
terapia celular anti rugas
Conhecido como um método de modelação das partes do corpo, é possível com a bioplastia modificar desde o formato do seu nariz até mesmo a forma do seu quadril.

A substância utilizada é o polimetilmetacrilato (PMMA), um material que é reconhecido pelo organismo porém não é absorvido. O efeito é definitivo e pode ser aplicado quantas vezes for necessário até que se chegue ao resultado requerido. Ela é indicada para rugas faciais, sulcos profundos e para corrigir imperfeições.

O preço em média da bioplastia é de 200 reais por ml aplicado pela seringa na área destinada. É um preço acessível pois a quantidade inserida no organismo nunca é muito maior do que 2 ml em média.

3 – BOTOX
botox anti rugas
Seu nome é um dos mais ouvidos por quem quer ter o aspecto de pele rejuvenescida e sem imperfeições. O nome oficial desse processo é o Toxina Botulínica, ela é injetada na região desejada especificamente.

Com essa aplicação, se bloqueia a liberação da acetilcolina, o neurotransmissor que transporta as mensagens do cérebro para o músculo. Desse modo acontece a paralisia desse movimento muscular em específico, impedindo assim novas rugas profundas.

Esse procedimento pode variar entre 600 reais até 1 mil reais, modificando de acordo com o dermatologista e também a área de aplicação.

4 – DRENAGEM LINFÁTICA
dernagem linfática anti rugas
Um dos métodos menos dolorosos de todos citados até agora, a drenagem linfática é feita inteira com massagem na área destinada. O movimento é circular e feito com as mãos e dedos do fisioterapeuta ou por meio de um aparelho com tecnologia avançada com movimento de inflar e desinflar, desse modo se melhora a linfa, parte da pele que diminui a retenção de líquidos e ativa o metabolismo da região.

Esse processo não é feito somente no rosto mas também em outras partes, como por exemplo nas pernas, no bumbum e na barriga, tudo vai variar das áreas requeridas.

Ele também é um procedimento não muito caro, variando entre 100 reais até mesmo 200 reais, tudo isso vai variar do local de aplicação e do profissional responsável.

5 – DERM CLEAR
derm clear creme clareadorO Derm Clear é mais um creme anti manchas do que um preventor de rugas. Ainda assim, ele entra na lista de melhores cremes anti-rugas dada a forma com que nutre a pele e previne a formação de novas manchas e sinais de envelhecimento.

Isso acontece porque em sua fórmula (que é 100% natural) há uma série de substâncias que ajudam a recompor o tecido da derme, ajudando assim a manter o tom de pele uniforme e eliminar pequenas cicatrizes.

O efeito é suavizador e acaba sendo mais eficaz do que muito creme anti-rugas, afinal, resgata a beleza natural da pele, valorizando os traços da pessoa. Veja a resenha completa do Derm Clear para saber mais detalhes sobre a sua fórmula e preços.

6 – LIFT MAKE
Uma novidade que recentemente chegou aqui no Brasil, o Lift Make foi desenvolvido pelos melhores médicos dessa área de modo a acabar de vez com as rugas, marcas de expressão e sulcos ocasionados pela chegada da idade.

Ele é um creme anti aging, basta ser aplicado na região desejada duas vezes por dia. Após algumas semanas você já vai ver os resultados surpreendentes desse produto.

Uma das principais vantagens de utilizar Lift Make é o fato de que essa aplicação não é dolorosa, não utiliza agulhas ou o auxílio de um profissional do ramo.

O seu valor também fica bem mais em conta, sendo que um pote pode variar entre 60 reais até 120 reais, quanto mais quantidades você comprar, mais em conta ele acaba saindo.

Quer ter informações completas sobre o Lift Make? Clique aqui e leia um review completo, quanto custa, depoimentos, como aplicar e muito mais.

7 – TERAPIA CELULAR

A terapia celular é uma intervenção para tentar estimular a produção de colágeno no organismo – a substância que dá sustentação a pele. A produção dessa molécula cai numa média de 1% ao ano após os 30 anos de idade – o que faz com que se dê início a um processo de envelhecimento mais intenso.

No caso da terapia celular são cultivados células da derme em laboratório que são introduzidos no organismo do paciente. Assim, a produção de colágeno natural pelo corpo aumenta, evitando o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

8 – CO2 FRACIONADO
co2 fracionado
O uso de CO2 fracionado é uma técnica dermatológica que ajuda a eliminar manchas e rugas mais profundas, sobretudo aquelas que incidem no rosto, pescoço e mãos. A principal vantagem do tratamento é a sua rapidez e eficácia, já que resultados podem ser visíveis logo na primeira sessão.

Contudo, a recuperação do brilho e textura do tecido da pele pode custar caro: em torno de R$ 600,00 a R$ 2.000,00 por tratamento (dependendo da clínica).

9 – LUZ PULSADA
Tratamentos para rugas e linhas de expressão – Os 10 melhores
A luz intensa pulsada é um tratamento que se assemelha muito aos lasers para remoção de manchas de pele. A diferença, é que esse ajuda a revitalizar a pele nas áreas em que há fissuras e cicatrizes.

Para se ter uma ideia, o tratamento com luz pulsada é o mesmo usado para a depilação definitiva.

10 – LIFTING FACIAL
lifting facial
O lifting facial é um tipo de cirurgia plástica que a função principal é o rejuvenescimento que remove a flacidez, o excesso da pele e as rugas mais profundas. A técnica mexe em várias partes do rosto, podendo mudar o contorno da face e destacar vincos da face, se solicitado pelo cliente.

Existem várias classificações e tipos de lifting facial, mas todos são considerados procedimentos cirúrgicos devendo ser realizados exclusivamente por um cirurgião plástico.

Como Cuidar de Pés Ressecados e Ásperos

Como Cuidar de Pés Ressecados e Ásperos

Neste Artigo:Cuidando dos seus pésFaça mudanças no seu estilo de vidaEntenda a importância dos cuidados com seus pés

A pele seca e áspera dos pés pode ser mais do que um problema estético. Seu pé possui um sistema musculoesquelético complexo que dá suporte a todo seu corpo ao longo da vida. Ao cuidar dos seus pés você ajuda a reduzir a chance de dores nos joelhos, quadris e costas, além de fazer com que eles fiquem incríveis em sandálias abertas. Existem diversos tratamentos que você pode usar para tratar a pele seca e áspera dos seus pés. Caso não obtenha sucesso depois de algumas semanas, você poderá precisar consultar um médico para que ele avalie o seu problema. Em geral, problemas de pele áspera e seca que não estejam relacionados a outras condições de saúde podem ser tratados com sucesso em casa.

Método
1
Cuidando dos seus pés
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 1
1
Deixe seus pés de molho. Embora passar muito tempo em piscinas com cloro ou banheiras com água quente não faça bem para a sua pele, deixar seus pés de molho por 15 minutos antes de hidratá-los e esfoliá-los ajuda a melhorar o aspecto de pés ressecados. Uma vez que seus pés estiverem curados e não apresentarem mais o aspecto áspero e ressecado você não irá mais precisar deixá-los de molho para trata-los.
Longos molhos em água quente retiram os óleos naturalmente presentes na pele e reduzem a sua hidratação, todos esses fatores contribuem para o ressecamento da pele, portanto limite o tempo em que irá deixar seus pés de molho.
Não deixe seus pés de molho por mais do que três vezes por semana, ou você estará contribuindo com o ressecamento da sua pele ao invés de tratando-a.
Você pode fazer diferentes misturas para deixar seus pés de molho, como por exemplo:
Uma mistura de bicarbonato de sódio, água, e algumas gotas de vinagre em um balde de água quente. [1]
Sabão neutro (perfumado, caso deseje) em um balde de água morna.
Meia xícara de saís Epson em uma banheira de água morna.[2]
Um quarto de xícara de vinagre em um balde de água morna.
Um quarto de xícara de suco de limão que irá dissolver a pele morta e ressecada.[3]
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 2
2
Esfolie. A esfoliação mecânica é a remoção da camada superficial de pele morta para tratar as camadas inferiores. Você pode usar pedra-pomes, escovas duras e buchas após amolecer a camada superficial de pele deixando seus pés de molho.[4]
Pedras-pomes podem ser encontradas em farmácias e grandes lojas de departamentos.
Você não precisa de um tipo específico de escova dura. Até mesmo escovas de uso doméstico funcionam contanto que você não as use para outras funções.
Deixar seus pés de molho por 15 minutos, ou tomar um banho morno, antes de esfoliá-los são boas ideias.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 3
3
Hidrate. Uma vez removida a camada de células mortas, é a hora de devolver a hidratação a sua pele. Hidrate imediatamente após o banho ou molho usando produtos que não possuam álcool em sua composição. Alguns hidratantes funcionam criando uma camada que aprisiona a umidade da sua pele, mantendo assim a hidratação, enquanto outros funcionam penetrando até as camadas mais profundas da pele. [5]
Cremes densos, tais como Eucerin e Cetaphil, funcionam aprisionando a umidade da sua pele. Produtos com lanolina também funcionam dessa maneira. Óleo de olive também possui esse efeito, e pode ser encontrado facilmente na sua cozinha. Use uma pequena quantidade, esfregando e massageando sobre a pele.
Outros hidratantes são absorvidos pela pele e tem a sua ação sobre a camada dérmica. Óleo de coco é um óleo com diversos efeitos benéficos, incluindo suas propriedades bactericidas e antifúngicas. Use em seus pés para obter hidratação, melhora em áreas rachadas e proteção contra infecções.[6][7]
Produtos a base de álcool podem ter a aplicação menos “melecada”, mas o álcool irá ressecar mais rápido a sua pele.
Depois de hidratar a sua pele, coloque um par de meias de algodão nos seus pés para reduzir a probabilidade de escorregar e cair, e manter o hidratante nos seus pés.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 4
4
Procure um médico. Caso não obtenha melhora com esses remédios, você pode precisar procurar um médico. Você poderá ser examinado para hipotireoidismo caso sua pele ressecada se estenda também aos seus braços e pernas.[8]
Caso sua pele ressecada seja resistente aos métodos de hidratação caseiros, seu médico poderá indicar produtos que contenham ácido lático e ureia. Esses ingredientes ajudam a pele a manter-se mais hidratada.
Casos mais sérios podem precisar da prescrição de cremes para reduz as chances de rachaduras na pele devido ao ressecamento.
Método
2
Faça mudanças no seu estilo de vida
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 5
1
Mantenha-se hidratada. Sua pele utiliza a hidratação do seu corpo para manter-se hidratada e nutrida. Quando você fica desidratada, a água do seu corpo é usada para suprir funções vitais, como fluxo sanguíneo, antes de ser usada na pele. Tomando ao menos oito copos de água por dia, a pele do seu corpo se manterá hidratada.[9]
Tente evitar o consumo de bebidas que contenham álcool ou cafeína sempre que possível uma vez que elas podem aumentar a sensação de coceira de pés secos.[10]
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 6
2
Fique atento para possíveis efeitos colaterais das medicações que tomar. Diuréticos, usados para reduzir a quantidade de água no corpo e retinóis de uso oral ou tópico usados no tratamento da acne podem causar ressecamento temporário da sua pele.[11]
Caso os efeitos colaterais persistam por mais de duas semanas, converse com seu médico sobre a possibilidade de mudar sua medicação.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 7
3
Use meias de algodão. Meais de algodão permitem que a pele dos seus pés respire e sequem caso você sue. Manter o suor em contato com a sua pele resseca seus pés.[12]
Troque suas meias diariamente após suar (depois de uma caminhada, ou de se exercitar). Lave suas meias após cada uso.
Durma de meias depois de passar hidratante nos seus pés.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 8
4
Use meias que permitam que seus pés respirem. Evite usar o mesmo par de meias por mais de um dia. Seus pés precisam respirar para manter a hidratação, portanto tente usar sandálias abertas durante o verão ou sapatos ventilados. Durante o inverno, evite usar botas pesadas em ambientes internos, ao invés disso leve consigo um par de sapatos mais ventilados para poder trocá-los. [13]
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 9

Leia também: pé ressecado tratamento

Evite sabonetes agressivos. Sabonetes agressivos não irão deixa-lo mais limpo do que sabonetes suaves. Entretanto, eles “secam” a sua pele e deixam-na suscetível ao ressecamento. Sabonetes agressivos eliminam as gorduras da sua pele, deixando sua pele repuxada e ressecada.[14][15]
Dermatologistas costumam recomendar o uso de sabonetes com altas concentrações de glicerina. Você pode encontrá-los a venda em farmácias e lojas de produtos naturais.[16]
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 10
6
Use água morna no banho ou banheira. Ao invés de tomar banhos quentes, mantenha a água em temperatura morna e limite o seu tempo de banho a apenas dez minutos. Água quente e baixa umidade do ar reduzem a umidade da sua pele, deixando sua pele ressecada e repuxada.[17]
Uma boa regra para a temperatura dos seus banhos é escolher uma temperatura confortável, mas que não deixe sua pele vermelha.
Método
3
Entenda a importância dos cuidados com seus pés
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 11
1
Saiba as funções da sua pele. Sua pele, o maior órgão do corpo humano, é resistente e elástica. O trabalho dela é proteger o seu corpo de bactérias, vírus e fungos. Quando sua pele se orna rachada, ela permite a entrada desses organismos infeciosos no seu fluxo sanguíneo. Além disso, sua pele tem função termorreguladora, ou seja, ela mantém a temperatura ideal de funcionamento do seu corpo. [18]
Sua pele é sensível, e isso permite que você sinta diferentes sensações que serão interpretadas pelo seu cérebro. Não existem áreas insensíveis ao toque em seu corpo, inclusive nos seus pés.
Novas células de pele são formadas todos os dias. Seu corpo elimina entre 30,000 e 40,000 células de pele por dia. [19] A camada de células mortas se encontra entre a 18a e 23a camadas da pele.[20]
Sua camada externa da sua pele é composta por células mortas e é chamada de epiderme. Essa área da sua pele é muito fina em algumas partes do seu corpo, como nas pálpebras, e grossa em outras, como na sola dos pés. Quando as células de pele velhas saem, uma nova camada está embaixo.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 12
2
Diagnostique pés ressecados e ásperos. O ressecamento da pele é chamado de xerose. Sua cor parecerá mais clara do que no restante do pé e será áspera ao toque. Você poderá perceber:[21]
Coceira
Rachaduras
Vermelhidão
Fissuras (profundas) no calcanhar
Descascamento
A maior parte do contato com o solo é feita pelos seus calcanhares e pela bola do pé, portanto é deles a maior probabilidade de se tornarem ressecados. Isso aumenta a chance de rachaduras e descascamento.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 13
3
Entenda as causas de pés ressecados. A pele da sola dos seus pés pode se tornar ressecada por diversos motivos, incluindo: [22]
“Idade”: sua idade e variações hormonais causadas pela idade (devido à menopausa) faz com que sua pele perca elasticidade e gordura, o que aumenta o risco de ressecamento da pele.
“Clima”: viver em climas secos pode reduzir a hidratação da sua pele e causar ressecamento da sua pele. Além disso, o uso de ar condicionado remove a umidade do ar, reduzindo a hidratação natural da pele. O clima de inverno também é prejudicial a sua pele.
“Doenças de pele”: dermatite e psoríase são duas doenças de pele que podem causar o ressecamento da pele nas áreas afetadas.
“Cloro”: nadar ou fazer imersões em água com altas concentrações de cloro pode causar a redução da hidratação natural da sua pele.
“Doenças”: pessoas com diabetes frequentemente sofrem com o ressecamento da pele dos seus pés, o que aumenta o risco de infecções. A má circulação sanguínea pode ocasionar uma redução na hidratação das células da pele e aumentar o risco de complicações.[23] Caso você tenha diabetes e pés secos, procure um médico ou podólogo para dar aos seus pés o cuidado de que eles necessitam.
Imagem intitulada Care for Rough, Dry Feet Step 14
4
Previna o ressecamento. Prevenção é sempre o melhor remédio. É mais fácil manter seus pés bem cuidados do que reverter os efeitos da pele ressecada e áspera. Aqui estão algumas dicas para manter a pele dos seus pés saudável e macia:[24]
Com o passar da idade, cuide dos seus pés, usando os tratamentos descritos anteriormente.
Tome cuidados extras com a pele dos seus pés caso você nade em piscinas tratadas com cloro. O cloro irá remover a umidade natural da sua pele, deixando-a ressecada.[25]
Tome banhos curtos. Prefira banhos de chuveiro a banheira para reduzir a chance de diminuir a umidade natural da sua pele. Sempre hidrate sua pele (com hidratantes sem álcool) depois de cada banho.
Caso sofra com dermatite e psoríase, tome cuidado especial com a pele dos seus pés para reduzir a chance de rachaduras e descascamento.
Caso tenha diabetes, avalie seus pés toda noite antes de ir dormir e procure por rachaduras. Você pode reduzir o risco de desenvolver complicações relacionadas ao diabetes tomando os devidos cuidados com seus pés. [26]
Dicas
Você precisará hidratar seus pés de duas a três vezes por semana, caso opte por utilizar óleo de coco.
Mesmo depois que seus pés estiverem curados, continue a hidratá-los depois de cada banho para prevenir o reaparecimento dos sintomas.
Esteja ciente de que a saúde dos seus pés está relacionada à sua saúde em geral. Seus pés podem ser um bom indicativo do estado da sua saúde em geral.
Avisos
A importância dos cuidados com seus pés é vital caso você seja diabético. O diabetes reduz a eficiência da circulação sanguínea nos pés. Isso significa que uma pequena rachadura ou corte são suficientes para causar uma infecção que não curará facilmente.

Conheça os 7 passos essenciais para uma pele saudável

Conheça os 7 passos essenciais para uma pele saudável

Você sente falta de brilho na pele? Talvez sua rotina de beleza esteja equivocada. Nós descobrimos os 7 passos essenciais para um ritual de beauty digno de especialista:
01.10.2018
por Lucy Wildman, Middleeast

Com um número infinito de produtos pensados para a pele, que prometem resultados semelhantes a milagres, tornou-se cada vez mais difícil realmente descobrir quais ativos vão te ajudar a ter uma pele saudável e bonita.

Para nos certificarmos sobre o que investir, chamamos a britânica Rebecca Treston. A especialista ostenta uma lista gigante de clientes que não confiam a pele a mais ninguém. Para a L’Officiel, Treston separou sete passos para começar a seguir já:

PASSO 1: Dupla limpeza, especialmente à noite:

Os produtos que você usa em sua rotina de limpeza devem depender do tipo e da condição da sua pele. Aqueles que usam muita maquiagem devem optar por um produto que faça limpeza profunda para quebrar a maquiagem e o óleo. Ao fazer o processo em duas etapas, você remove a sujeira da pele primeiro, para que ela possa respirar e rejuvenescer adequadamente. Seguido de um bom hidratante específico para as necessidades de cada organismo.

Leia também: Pele saudável como manter

PASSO 2: Escolha produtos com antioxidantes:

Isso filtrará as toxinas e reconstruirá alguns dos danos celulares que ocorrem na pele diariamente.

PASSO 3: Use retinol à noite:

É anti-envelhecimento, estimula o colágeno e ajuda na regeneração celular.

PASSO 4: Use hidratante:

Verifique se o hidratante que você usa à noite tem ácido hialurônico e vitamina C. Para o dia, você precisa garantir que o seu hidratante seja adequado para o seu tipo de pele.

PASSO 5: Use protetor solar TODOS OS DIAS

Os raios UVA são responsáveis ​​por 80% do envelhecimento da pele, portanto, sempre aplique protetor solar no rosto, pescoço (frente e costas), decote, braços e mãos antes de sair.

PASSO 6: Preste atenção na área dos olhos :

A pele ao redor do olho é ultra-delicada e fina, o que a torna super-suscetível a rugas e aos sinais de envelhecimento.

PASSO 7: Uma ou duas vezes por semana, esfoliação e máscara

Uma máscara irá purificar e hidratar a pele. E esfolie com cuidado – a maquiagem, sujeira e poluição diárias tornam a nossa pele seca e sem rbilho. Quando esfoliamos, removemos as células mortas, abrindo espaço para novas células, levando a uma pele brilhante e radiante.

A pele sensível precisa de cuidados especiais depois de um procedimento estético?

A pele sensível precisa de cuidados especiais depois de um procedimento estético?

A pele sensível sofre mais do que o normal quando entra em contato com diversos elementos no dia a dia. Portanto, após a realização de um procedimento estético, por exemplo, muito provavelmente apresentará algum sinal ou sintoma, como vermelhidão, coceira, descamação etc. Para controlar isso, é fundamental tomar alguns cuidados imediatamente.

Cuidados necessários para realização de procedimentos estético na pele sensível

“Quem tem a pele sensível precisa de cuidados especiais após um procedimento estético. É necessário o uso de produtos específicos, como sabonete, hidratante, protetor solar, para que a pele possa se recuperar rapidamente”, afirma a dermatologista Cinthya Basaglia.

Esses produtos específicos são dotados de ativos que ajudam a limpar, hidratar e suavizar o desconforto da pele sensível. Além disso, conseguem restabelecer a barreira de proteção da mesma, o que a torna mais preparada para encarar a ação dos agentes que normalmente provocam irritação e danos.

Leia também: Problemas de pele tratamento

Procedimentos que podem ser feitos em quem tem pele sensível

Por mais que a pele sensível reaja aos procedimentos estéticos, isso não significa que você terá que evitar esses procedimentos. Como já dito, com alguns cuidados é possível controlar os sintomas. Mesmo assim, é bom consultar um médico antes de tudo, pois pode haver alguma restrição. O microagulhamento, por exemplo, não costuma ser indicado para quem tem a pele sensível.

Por outro lado, peeling (físico e químico), depilação (laser, cera), limpeza de pele profunda, dentre tantos outros procedimentos podem ser feitos. “Como a pele já é sensível, após alguns procedimentos, como laser e peeling, ficará mais ainda. Se não forem usados os produtos indicados é possível que apareçam manchas”, avisa Dra. Cinthya.

Criofrequencia para flacidez: Veja como acabar definitivamente com a flacidez

Criofrequencia para flacidez: Veja como acabar definitivamente com a flacidez

Criofrequência para Flacidez

Quem nunca se incomodou com o “tchauzinho” que atire a primeira pedra. Afinal de contas, existe algum procedimento seguro que seja capaz de nos livrar dessa bendita flacidez?

Na estética, a criofrequência para flacidez surgiu com a capacidade de tratar a flacidez, reduzindo aquele aspecto indesejado já nas primeiras sessões. Tornando a BHS 156, a máquina que realiza o tratamento, a “queridinha” do momento.

Para acabar com esse inimigo o quanto antes e deixar o seu corpo pronto para o verão (Sim! Ainda dá tempo), nós viemos te explicar as causas da flacidez, como combater e como a criofrequência para flacidez pode ajudar nesse processo. Aproveite para tirar suas dúvidas e compartilhar com as amigas.

Leia também: Flacidez tratamentos

Mas afinal, o que causa a flacidez?
Causas da Flacidez – Criofrequência para FlacidezAlém do próprio envelhecimento oriundo, entre as causas da flacidez, podemos citar: obesidade, gravidez, variações rápidas de peso, má alimentação, exposição excessiva ao sol, hereditariedade e sedentarismo.

A perda de colágeno e também de água são duas das primordiais causas da perda de flexibilidade da pele, e também aumenta ao passo que envelhecemos. Se não há como combater a flacidez por completo, a boa notícia é que existem formas de evitá-la e também diminuir seus efeitos.

Dicas para combater a flacidez
Segundo dermatologistas, uma das maiores causas da flacidez é a exposição excessiva ao sol. Os raios ultravioletas danificam a epiderme e a derme – extrato mais profundo da pele.

Também é nem mais nem menos na pele que se encontra o colágeno, uma proteína produzida pelo próprio sistema e também encarregado por sustentar a firmeza da pele. Os raios de sol têm a capacidade de destruir a estrutura do colágeno, prejudicando a sustentação da pele.

A produção de colágeno diminui naturalmente à proporção em que envelhecemos. Porém, a exposição prolongada ao sol é capaz de apressar mais ainda mais esse processo, causando a flacidez e também o envelhecimento antes do tempo.

O bronzeamento sintético, ainda que seja feito em ambientes fechados, causa os mesmos danos à estrutura do colágeno que os raios ultravioletas, e também deve ser evitado. O uso de protetores solares ajuda a minimizar os danos causados pelo sol, porém recomenda-se não permanecer bastante tempo sob o sol nos momentos em que ele é mais forte.

Exercícios físicos que combatem a flacidez
Uma das melhores dicas de como combater a flacidez é praticar musculação com regularidade. O treino é capaz de fortalecer a pele, além de tonificar a musculatura, evitando a extenuação das fibras musculares e também da pele.

A flacidez costuma brotar com mais regularidade em áreas muito específicas do corpo. Neste caso, vale a pena investir em exercícios específicos para essas regiões. Abdômen, secção interna da coxa, glúteos e a secção interna dos braços são certos pontos mais propensos à flacidez, e também devem ser exercitados com movimentos específicos.

Abdominais, citando caso análogo, ajudam a tonificar a pele e a diminuir a flacidez. Exercícios com tornozeleiras podem ajudam a fortalecer os glúteos, e também a tonificar as pernas.

E quais são os cuidados com a dieta
Nós somos o que nós comemos e nossas escolhas à mesa refletem-se neste aspecto. Para descobrir como combater a flacidez, é necessário manter uma dieta saudável e entregar preferência a essas escolhas, além de evitar certos tipos de mantimentos que prejudicam a saúde da sua pele.

Uma dieta para evitar a flacidez deve conter várias verduras, frutas, legumes e também proteínas magras. Além de nutrientes essenciais para a saúde da pele e também da musculatura, as verduras frescas fornecem antioxidantes, substâncias que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Como a Criofrequência para flacidez pode ajudar
CriofrequênciaUm dos aparelhos que está fazendo o maior sucesso é o criofrequência para flacidez, capaz de destruir (apoptose), quebrar as células de obesidade e também renovar as fibras de colágeno, além de dar firmeza a pele.

É justamente o choque térmico entre o frio e calor que aumenta a eficiência do tratamento, trazendo resultados contra a flacidez em menos tempo. Há uma extensa melhora nas medidas, propiciando uma maior firmeza da pele, melhorando a circulação e também a subtração da adiposidade na dimensão da gordura na área da aplicação.

O resultado da criofrequência para flacidez é visível logo na primeira sessão do tratamento. A paciente vê resultados, subtração da flacidez, da adiposidade localizada, reduzindo as medidas e também melhorando o aspecto da celulite.

De acordo com especialistas, o tratamento completo dura de seis a oito sessões para resultados mais expressivos e duradouros.

Benefícios da Criofrequência pra flacidez
Acabar com a flacidez é um dos benefícios que a criofrequência proporciona. Além disso, esse procedimento modelo o corpo, deixando-o mais definido e eliminando aquela gordurinha extra que tira o sonho de muitas mulheres e que precisa de muita academia e dieta para conseguir se livrar. E mais, a criofrequência para flacidez ajuda o seu organismo a produzir colágenos, deixando sua pele renovada.

E não se preocupe que a criofrequência para flacidez é totalmente indolor e não-invasiva, garantindo satisfação e resultados rápidos sem esforço.

Se a flacidez é um probleminha que você quer eliminar do seu corpo, agora você já sabe como resolver. A criofrequência para flacidez pode ser encontrada em clínicas particulares, mas é aconselhado conhecer melhor o procedimento e consultar um especialista no assunto para depois iniciar o procedimento estético.

Como eliminar olheiras: causas, prevenção, tratamento e como disfarçá-las

Como eliminar olheiras: causas, prevenção, tratamento e como disfarçá-las

Entenda como ocorre esse problema para evitá-lo e veja como é fácil disfarçá-lo em dias de muito cansaço

As olheiras são um problema muito comum entre homens e mulheres. Há quem não se importe, mas há também quem não suporte conviver com as manchas escuras ao redor dos olhos.

Independente do seu caso, é válido ressaltar que elas podem ser prevenidas em muitos casos e que também contam com diversas opções de tratamento para amenizá-las e técnicas com maquiagem e cosméticos para disfarçá-las.

O que são as olheiras e quais são suas causas?
As olheiras aparecem por um conjunto de fatores, que somados, cada um, levam ao aspecto escuro arroxeado ou amarronzado que tanto incomoda no visual. Entre estes fatores está o envelhecimento: “A pele da pálpebra (que já é fina) afina mais ainda com o passar do tempo, deixando os vasos em evidência e ressaltando as estruturas abaixo da pele”, afirma a dermatologista Isabel Martinez.

Leia também: clarear olheiras

Outras causas das olheiras incluem fatores genéticos, estresse, atuação da melanina e a dilatação dos vasos. Em suma, as 5 principais causas da olheira são: hereditariedade, sono de má qualide ou insuficiente, cansaço, proximidade à menstruação e até mesmo as alergias.

Como evitar o surgimento das olheiras
Adotar medidas preventivas é sempre a melhor opção para manter a sua pele sempre bonita. Como o ditado já diz, “prevenir é melhor que remediar”.

Se você não pretende se maquiar todos os dias para esconder as olheiras e se não deseja investir em tratamentos dermatológicos contra elas, mude agora mesmo alguns hábitos. Veja as dicas da dermatologista Isabel Martinez:

Durma pelo menos 8h por dia. O sono é o horário em que a pele “descansa” e trabalha.
Sempre remova a maquiagem antes de dormir. Use demaquilantes e enxague o rosto. Nenhuma maquiagem cura as olheiras, apenas disfarça o que temos.
Use protetor solar com FPS mínimo 30 sob os olhos, evitando o enfraquecimento da pele causado pelo sol.
Beba pelo menos 1 litro de água por dia. A agua é o remédio “natural” mais eficaz para hidratar a pele.
Hidrate a pele com cremes de vitamina K, que podem amenizar os inchaços.
Alimente-se bem. A vitamina C, por exemplo, ajuda a fortalecer as paredes dos vasos sanguíneos.
Tratamentos estéticos

FOTO: THINKSTOCK

A médica Viviane Lopes afirma que cada tratamento vai depender do tipo de olheira, do fototipo da pessoa, da resistência à dor e de características gerais como alergias ou hipersensibilidade cutânea.

Sendo assim, é essencial procurar o seu dermatologista para que ele te oriente sobre seu tipo de olheira e o tratamento mais indicado. Veja os prós e contras de cada tipo de tratamento segundo as informações da especialista:

1. Carboxiterapia

Vantagem: baixo custo.
Desvantagem: dor.
Preço: Cada sessão custa em media 80-100 reais e sao necessárias de 8-10 sessoes.
2. Luz pulsada

Vantagem: pouca dor, bons resultados.
Desvantagens: não pode ser usado para fototipos mais altos ( pele morena e negra).
Preço: Entre 150-200 reais a sessão e são necessárias de 4 a 5.
3. Peelings

Existem vários tipos de peelings para olheiras e os melhores sao à base de ácidos como retinóico e tioglicólico. Estes recursos funcionam bem nas olheiras melânicas.
Vantagem: rápida recuperação e bom preço.
Desvantagem: é mais indicado ser feito apenas no inverno e causa uma dor leve.
Cada sessão custa 100-150 reais.
4. Preenchimento

Preenchimento com ácido hialurônico é uma ótima opção para as olheiras profundas, onde há pronunciamento dos sulcos. O preenchimento faz com que as depressões na regiao sejam corrigidas, melhorando o aspecto das olheiras.
Vantagem: efeito imediato, substância segura, raras complicações.
Desvantagem: custo alto.
Preço: Cada sessão custa 1000-1500 reais e a duração é de 12-18 meses.
5. Mesoterapia com ácido tranexâmico

Indicada especialmente para as olheiras pigmentadas ou escurecidas. Sao realizadas injeções na região com a substância que degrada a hemoglobina responsável pelo aspecto escurecido do local.
Desvantagem: dor. Podem ocorrer casos de hipersensibilidade.
Vantagem: resultados rápidos e preço acessível.
Preço: Sao necessárias 4-6 sessões com custo aproximado de R$150 a sessão.

O que é Colágeno Hidrolisado?

O que é Colágeno Hidrolisado?

Colágeno é uma proteína de extrema abundancia em seu organismo.
Na derme, ou camada média da pele, o colágeno auxilia na formação do sistema fibroso chamado fibroblasto, em que novas células podem crescer. O mesmo participa de importante papel na reposição e restauração de células mortas da pele.

É o carro chefe na construção de tendões, ligamentos, músculos e pele, além de outros. Como vimos então, é uma proteína que irá providenciar estrutura.
Há pelo menos 16 tipos de colágeno, todos são encontrados em seu corpo, providenciando estrutura e suporte.

Para que serve o Colágeno Hidrolisado?
Servirá para lhe dar estrutura, maior fortalecimento da pele e elasticidade.
Com a idade, o corpo passa a produzir menor quantidade de colágeno. A estrutura então da pele começa a perder integridade. Rugas e fraqueza na cartilagem das juntas são notadas. As mulheres, na maioria dos casos presenciam uma grande redução na síntese de colágeno depois da menopausa. Depois dos sessenta anos, um grande declínio na produção do colágeno é absolutamente normal.

Colágeno: bom para quais objetivos?

Leia também: Fascia

Formação de Colágeno

Fortalecimento das juntas

Prevenção de doenças

Fortalecimento de Pele
Benefícios do Colágeno
Seu diverso potencial de funções e pelo fato que ocorre naturalmente, faz o produto ser versátil clinicamente e adaptado a diversas propostas médicas.
Dois tipos de suplementos estão ganhando popularidade: colágeno hidrolisado e a simples gelatina, da qual se obtém quando o colágeno é cozido.

Leia também: Skin renov é bom
O hidrolisado possui uma boa absorção desde que a proteína foi quebrada em pequenos peptídeos.
Separamos alguns estudos mostrando benefícios em áreas atuadas.
O que todos gostam de ouvir: mulheres que consumiram o suplemento melhoraram a elasticidade da pele.
Colágeno também é utilizado como cosmético, em forma de uso tópico, minimizando linhas e rugas.
Outro caso a ser utilizado o suplemento é em pessoas que sofrem de osteoartrite. Os mesmos tiveram uma
significante diminuição da dor depois de 70 dias de estudo, comparado àqueles que tomaram placebo.

Varizes: como se formam e qual a melhor forma de prevenção

Varizes: como se formam e qual a melhor forma de prevenção

varizes: o que é?
Varizes são dilatações venosas, ou seja, veias consideradas anormais, pois perderam sua principal função de retorno de sangue dos membros inferiores em direção ao coração. Além de ser um problema estético, as varizes comprometem a circulação, causando dores, inchaço, sensação de peso e cansaço nas pernas.

Leia também: Varicell bula

como se formam as varizes?
As artérias são responsáveis por distribuir o sangue do coração para os tecidos, levando nutrientes e oxigênio, já as veias retornam o sangue dos tecidos para o coração. Devido à força da gravidade, é preciso maior esforço para levar o sangue das pernas e pés de volta ao coração, por isso, as veias possuem válvulas que bombeiam o sangue para cima e impedem o seu retorno.

Com o passar dos anos ocorrem falhas e enfraquecimento dessas válvulas, que ocasiona o retorno e a retenção do sangue, gerando dilatação das veias e o surgimento das varizes nas pernas.

Alguns fatores contribuem para a formação de varizes, como:

Hereditariedade
Permanecer muito tempo parado em pé ou sentando
Mulheres possuem maior predisposição
Uso de anticoncepcional
Gestações
varizes: sintomas
Normalmente as varizes são aparentes e podem causar dores nas pernas, coceira, sensação de queimação e fadiga nas pernas, cansaço, câimbras e inchaço, principalmente no tornozelo.

tratamento de varizes
O tratamento das varizes pode variar de acordo com o grau de comprometimento das veias. Recomenda-se o uso de meias de compressão, a prática de exercícios físicos, a manutenção do peso ideal, deixar as pernas elevadas, não usar calças apertadas e até procedimentos cirúrgicos, quando necessário. A alimentação também pode ajudar na melhora e até na prevenção das varizes. Confira alguns alimentos podem auxiliar nesse processo:

Fibras: ajudam a regular o funcionamento do intestino, o que diminui a pressão sobre os vasos sanguíneos, prevenindo as varizes.
Vitamina C: favorece a saúde das válvulas, combate os radicais livres e ainda estimula a formação de colágeno, que contribui para elasticidade dos vasos.
Flavonoides: estão presentes na casca da uva e na castanha da índia. Ajudam a melhorar a circulação e a saúde dos vasos. Possuem maior concentração de ativos quando consumidos na forma de suplementos.
Frutas vermelhas: possuem antocianinas, pigmentos responsáveis pela coloração vermelha das frutas, e que ajudam a melhorar a circulação sanguínea e a fortalecer os vasos.
Alho e cebola: possuem antioxidantes potentes que podem ajudar a melhorar e prevenir as varizes.
Além disso, praticar exercícios físicos regularmente é uma ótima forma de melhorar a circulação sanguínea. Manter o peso adequado também ajuda, pois alivia a pressão nas pernas causada pelo excesso de peso.

varizes: tem cura?
Varizes tem cura, mas depende de tratamento. Seja uso da meia elástica, procedimentos cirúrgicos ou uso de medicamentos, além de uma alimentação focada em nutrientes que ajudam a melhorar a circulação. Alguns tratamentos podem apresentar efeito a longo prazo, por isso, o melhor caminho é a prevenção.

Creme Firmador Celulite – gel creme redutor de celulite e firmador

Creme Firmador Celulite – gel creme redutor de celulite e firmador

O que mais me chamou atenção nesse produto foi…. que NÃO precisa de massagem!Isso mesmo, manas! Não precisa ficar horas malhando os braços..

Pra quem gosta de usar esse tipo de tratamento homecare, a coisa mais chata é ter que fazer massagem pra ativar as propriedades do produto, né quem concorda?

Leia também: comprar Creme firmador

Pedi pra minha dermato quais das marcas comerciais (e mais em conta) de produtos que se dizem redutores de medidas, celulite, etc. eram as mais eficazes pra um resultado efetivo e ela me disse que os produtos da Nivea realmente podem fazer a diferença se usado com determinação e disciplina (e não vamos ser hipócritas, hábitos saudáveis é o mais importante, né minha gente?!).

Já usava produtos da Nivea e gostava (aliàs, gosto muito) e então decidi comprar este que promete reduzir celulite e firmar a pele.

Leia também: Skin renov reclame aqui

O Nivea Bye-Bye Celulite Q10 conta com uma formulação de ingredientes cuidadosamente selecionados para que você perceba resultados visíveis em apenas 2 semanas. Uou!

O que ele promete? uma pele mais macia e firme que ao mesmo tempo reduz a aparência da celulite (- o detalhe – não precisa de massagem).

Nívea Q10 é composta com ingredientes como L-Cartinina e a coenzima Q10 – ajudam na quebra das células de gordura melhorando o aspecto da celulite, além de firmar e manter a elasticidade da pele. E o extrato de lótus, por sua vez reduz a formação de novas células de gordura.

Leia também: comprar Creme firmador

Em duas semanas: pele visivelmente mais firme
Em três semanas: reduz o aspecto da celulite

Além da tecnologia HIDRA QI – hidratação de dentro pra fora por mais de 24h – que estimula a formação de novas aquoporinas (sistema natural de hidratação da pele).

Textura em gel
O aroma do gel é mentolado, por isso a sensação é bem refrescante ao passar e a fórmula é de rápida absorção, e de fato é. A pele não fica grudenta nem melecada e não precisa ficar esperando o creme secar para se vestir.

A indicação de uso é diário e nas regiões afetadas: coxa, culotes, glúteos e barriga e é indicado para todos os tipos de pele.

Ingredientes do produto:

Outro produto que testei que é na mesma pegada foi o SOS Monange firmador, resenhado aqui

Já usei os redutores da Vichy que também são muito muito bons, porém bem mais caros (e precisam de massagem.. hahaah). Tenho em casa o Vichy Over Night que logo logo farei resenha também.

Confesso que também não sigo à risca o que eu mesma digo, ou seja, a gente quer um corpo bonito sem fazer absolutamente nada. O que de fato é extremamente errado. Mas de vez ou outra a gente se esforça um pouco. Bom, como disse não segui total os meus hábito saudáveis quando utilizei o Bye-Bye Celulite, mas confesso que senti uma melhora sim no aspecto da pele. Ela parece que sim fica mais firme. Parece (ou melhor sim) que ele forma uma película sobre a pele. Isso faz com que a sensação de toque seja bem gostosa e lisinha, sabe?!

Eu até tinha deixado um espaço e fotografado o antes para poder mostrar os resultados. Mas sabe, isso é muito subjetivo! Isso varia para cada corpo, cada mulher, hábitos, hormônios, etc… me entendem. Não quero mostrar um antes e depois maravilhoso, ou um sem diferença alguma e te fazer “comprar” essa ideia. O que posso te dizer é que o gel é bom, mas não faz milagres sozinho.

O fato de eu ter amado esse foi que não precisa ficar massageando o local. Já usei o da Vichy que é muito mais caro, porém não menos eficaz, aliás, outro que amo e vou resenhar logo logo aqui no blog, porém precisa de massagem, e digo uma boa massagem.

LINHAS DE EXPRESSÃO: SAIBA O QUE SÃO, COMO AS RUGAS SURGEM E DICAS DE COMO PREVENIR E AMENIZAR O INCÔMODO

LINHAS DE EXPRESSÃO: SAIBA O QUE SÃO, COMO AS RUGAS SURGEM E DICAS DE COMO PREVENIR E AMENIZAR O INCÔMODO

Saiba o que são as rugas de expressão, como elas surgem e dicas de como amenizar e tratar o problema na pele

O ESPECIALISTA

DRA. KATLEEN CONCEIÇÃO CRM: 639575
Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologista do Rio de Janeiro e membro da Sociedade Brasileira de Laser. Já esteve à frente dos Ambulatórios de Dermatologia da Pele Negra do Hospital Federal de Bonsucesso e é chefe do ambulatório de dermatologia para pele negra da Santa casa da misericórdia, ambos no Rio de Janeiro. Também é especialista em lasers, desenvolvendo trabalhos com Cutera, Starlux, Lightsheer, Laser CO2, Fraxel Repair, Dual, entre outros. Atende na Clínica Paula Bellotti, no Leblon, uma das mais conceituadas da América Latina.

VEJA MAIS
As rugas ou linhas de expressão são marcas causadas pela movimentação repetitiva dos músculos do rosto. Exposição solar, estresse e má alimentação são alguns exemplos de influenciadores desses sinais. O DermaClub conversou com a dermatologista Katleen Conceição, do Rio de Janeiro, que explicou o que são, por que acontecem e como é possível evitá-las. Confira!

Leia também: comprar Creme para rugas

Entenda o que são as rugas de expressão e como elas surgem
Segundo a médica, a pele possui duas características importantes:

1) Elasticidade: capacidade de resposta à movimentação da musculatura.

2) Plasticidade: a aptidão de se moldar novamente ao estado inicial.

“E, com o passar do tempo, perdemos quantidade e qualidade do colágeno (elasticidade), além da diminuição de ácido hialurônico (plasticidade), o que favorece a formação de rugas”, explicou a médica, afirmando que, a partir disso, é fácil entender como as linhas de expressão surgem. “Ao movimentar e contrair o rosto, há o surgimentos dessas marcas. A pele jovem, por exemplo, sempre volta ao normal, sem rugas depois de um gesto. Enquanto a madura já tem maior facilidade em produzir esses sinais”, pontuou.

Saiba quais são os principais incentivadores das rugas de expressão
De acordo com a Dra. Katleen, as rugas de expressão são marcas do tempo, danos de causa endógena – dentro do organismo – e/ou exógena – fora do organismo. “Exposição solar, estresse, má alimentação, consumo de bebida alcoólica, hábito de fumar e noites mal dormidas são grandes estímulos para o aparecimento das linhas”, contou.

Não existe uma faixa etária ou uma predisposição para o surgimento desses sinais. “Cada caso vai ser diferente. Na pele negra, por exemplo, demora mais a aparecer devido a fibra colágena, que é mais densa, além da fotoproteção natural. Já a clara está mais exposta às marcas”, frisou.

Descubra as formas de prevenção para evitar as rugas de expressão
Para a dermatologista, as linhas de expressão podem ser evitadas usando dermocosméticos que combatam o envelhecimento. “Investir em produtos à base de vitamina C, usar filtro solar a cada três horas, ingerir fotoprotetor oral e colágeno são algumas das opções. Além disso, é possível realizar peelings, lasers, ultrassom focado – todos com o intuito de evitar o enrugamento da pele”, pontuou.

Leia também: Skin renov Anvisa

Saiba quais os tratamentos para tratar e amenizar a aparência das linhas de expressão
Muitas pessoas acabam se sentindo incomodadas com o aspecto envelhecido que as rugas de expressão podem deixar no rosto. De acordo com a médica, existem algumas opções de tratamento para quem deseja eliminá-las. “Podem ser feitos procedimentos como o laser CO2 fracionado, toxina botulínica, radiofrequência e fio russo. Porém, tudo depende do caso”, explicou. Não esqueça de procurar a avaliação do seu médico dermatologista!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.